Semana do Patrimônio Cultural é aberta com exposição de peças de arte popular no MP

Criado em 17 Agosto 2015 Escrito por Cecom / MP Categoria: Nudephac
Acessos: 930
Imprimir


Uma mostra da Coleção de Arte Popular, com peças representativas do Nordeste coletadas entre as décadas de 50 e 60 do século XX, encontra-se em exposição a partir de hoje, dia 17, durante um mês, na sede do Ministério Público estadual, no Centro Administrativo da Bahia (CAB). A exposição marca a abertura da ‘II Semana do Patrimônio Cultural’, que está sendo promovida pelo MP de hoje a sexta-feira, dia 21. A cerimônia de abertura aconteceu na Galeria de Procuradores-Gerais, onde estão expostas as peças, com a participação do procurador-geral de Justiça Márcio Fahel, do coordenador do Núcleo de Defesa do Patrimônio Histórico, Artístico e Cultural (Nudephac), promotor de Justiça Edvaldo Gomes Vivas, e da museóloga e coordenadora do Centro Cultural Solar do Ferrão, Osvaldina Cezar.


“Este trabalho de valorização da cultura é uma forma de valorizar o próprio ser humano e a sua história”, afirmou Márcio Fahel, destacando que a ‘II Semana do Patrimônio Cultural’ é mais uma oportunidade para o MP reafirmar o compromisso com a defesa da identidade do povo brasileiro. O promotor de Justiça Edvaldo Vivas agradeceu, na oportunidade, a Diretoria de Museus (Dimus) e ao Instituto do Patrimônio Artístico e Cultural da Bahia (Ipac) pela parceria, e explicou que a mostra faz parte de uma coleção maior em exposição no Centro Cultural Solar do Ferrão, localizado no Pelourinho. A Semana Cultural é uma promoção do Ministério Público estadual, por intermédio do Centro de Apoio Operacional de Meio Ambiente e Urbanismo (Ceama), do Centro de Estudos e Aperfeiçoamento Funcional (Ceaf) e do Nudephac.

Ambiente exclusivo e de acesso restrito a intranet do Ministério Público.

Neste ambiente acesse o Webmail do MP e tenha acesso a nossa ferramenta de comunicação.

Conheça o site do Ministério Público do Estado da Bahia.

Neste ambiente divulgamos a nossa Agenda de Atividades.